domingo, 17 de janeiro de 2010

Saúde mental também depende de saúde financeira

Muitos desconhecem a importância da tranqüilidade financeira para o bem estar emocional. O controle adequado dos gastos e fazer um bom pé de meia são essenciais para uma vida feliz não só a curto, mas a longo prazo também.

O autor Gustavo Cerbasi, mestre em administração pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA/USP) autor dos livros "Dinheiro - Os Segredos de Quem Tem" (Editora Gente) e "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos" (da mesma editora) dá dicas preciosas em suas publicações de como administrar o orçamento pessoal, seja junto ao parceiro, seja de forma individual.
Sugestões como fazer um planejamento financeiro e planilha mensal de gastos e entradas são recomendados: "O primeiro passo para a independência financeira é gastar menos do que se ganha, controlando o orçamento doméstico", diz Gustavo Cerbasi em seu livro "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos".

Entre outras recomendações do autor está a de fazer da poupança a prioridade número um do dia a dia, tanto na teoria como na prática. Uma das orientações para isso é já investir, assim que recebemos o salário, o valor estabelecido pela meta calculada no nosso planejamento financeiro. Muita disciplina e organização são necessários, mas o autor garante que atingir metas e a conseqüente tranqüilidade da estababilidade financeira são extremamente recompensadoras.

O autor também dá o alerta para aqueles que têm um padrão de vida não compatível com as próprias entradas. Este pode ser o caminho para o desastre financeiro e muito estresse a curto e longo prazo, com uma aposetnadoria vendendo os poucos recursos financeiros conquistados com o fim de pagar tratamentos caros de saúde, exemplifica.

* Siga posts deste blog no twitter.

Um comentário:

monica disse...

Dra. Tatiana,
Excelente sugestão para leitura! Deve ser um livro muito interessante, por capacitar a cada um de nós a melhorar a nossa saúde financeira.
Monica Manier L. Gutierrez